Erros

Há dias em que me sinto parva!
Há dias em que não devia sair de casa, não devia abrir a boca, não devia existir.
Há pessoas que me andam a escapar por entre os dedos. E a culpa é minha. Porque tenho uma personalidade estranha, porque é quase preciso tirar um curso para me compreenderem.
E eu só não quero que se chateiem comigo. Por favor!
Se pudesse fazer o tempo voltar atrás.
Se pudesse corrigir atitudes e palavras.
Bolas, mas que raio se passa comigo? Todos reclamam! Ora porque estou de trombas, ora porque respondo mal, ora porque não danço, ora porque não falo, ora porque isto e aquilo.
Talvez seja boa ideia fechar-me em casa, sem ver ninguém. Talvez ficar sozinha e longe daqueles seres que me fazem viver (os amigos) seja uma boa opção.
Já chega de erros.

4 comentários:

Caranguejo disse...

Existem momentos assim mas são fases que passam e normalmente o problema não é só nosso é de parte a parte mas alguém tem de parar e ver o que existe á nossa volta…vais ver que isso passa.

Beijos e força

Lidia Guedes disse...

Desta vez o problema sou mesmo eu. Espero que seja mesmo só uma fase... senão vou passar maus bocados...
Beijinho e obrigada*

Catarina disse...

Não és estranha (pelo menos a meus olhos)e és como és. És ser humano como qualquer um e tens direito a não estares bem, a cometeres erros e a apetecer-te ficares em casa. Quantas vezes me apeteceu ficar em casa...
As pessoas têm tendência a não compreender o que é diferente.

Beijo

(P.S. No outro dia comentei uma das tuas mensagens mas esqueci-me de fazer o log in :s)

Lidia Guedes disse...

Obrigada pela compreensão:)
Beijinho*